DESTAQUES

Notícias

Mesmo envolvido nas atividades de manifestação e caminhada contra o desmonte da Previdência, SERJUSMIG luta pela aprovação da data-base 2016

15 de Março de 2017 20:15:04


Após quase cinco horas de manifestação e caminhada contra o desmonte da previdência, tendo atravessado a Cidade e chegado à ALMG, o SERJUSMIG abriu um espaço para travar outra luta: a defesa do PL da Data-Base 2016 dos Servidores do Judiciário mineiro.

Os dirigentes do SERJUSMIG, Sandra Silvestrini, Rui Viana e Antônio Costa, Tatiana Borges e Patrícia Rocha Couto, acompanhados por servidores de diversas comarcas, primeiro tomaram conta de uma das galerias do Plenário, levantando cartazes em defesa da Data-Base a fim de demonstrar aos parlamentares presentes a enorme expectativa e insatisfação da categoria com tanta demora na votação do PL. Do plenário, seguiram até o gabinete do presidente da Casa, deputado Adalclever Lopes (PMDB), a fim de tentar falar com ele sobre a necessidade de se incluir na pauta do plenário, urgentemente, o PL 3840/2016 (data-base 2016), cuja tramitação está parada desde o ano passado.

Como o deputado não estava presente, Sandra, Rui, Antônio e Ronilda Souza, subdelegada da comarca de Itabira, foram recebidos, de forma muito atenciosa, pela assessora do presidente - que explicou sobre a demora relativa à instalação das comissões, que impactou no atraso da votação de projetos e, em seguida, pelo secretário geral da Mesa, doutor Guilherme Ribeiro. Enquanto isso, o grupo de Servidores e demais diretores faziam vigília no corredor externo. O secretário conversou com os dirigentes e mostrou-lhes detalhes do conteúdo dos ofícios e informações contidas no projeto. Segundo ele, tão logo as votações tenham início e os vetos que trancam a pauta sejam votados, a votação do PL deve ocorrer, passando direto pela fase de votação em 1º e 2º turnos do Plenário, já que a fase de discussão já foi vencida.

Ao fim do encontro, os sindicalistas deixaram agendado um pedido de reunião com o presidente Adalclever, que é quem detém o poder de pautar os projetos que serão submetidos ao Plenário.

Passados quase 50 dias do fim do recesso parlamentar, os deputados mineiros ainda não votaram sequer um projeto este ano, pois estão, até hoje, envolvidos com a formação das comissões.

“Estamos às vésperas de completar um ano sem a recomposição salarial de 2016. Assistimos dia a dia os nossos vencimentos serem corroídos pela alta dos preços. O índice de 3,5% não repõe sequer a inflação e, por isso, é absolutamente injusto que ainda façam a categoria esperar por tanto tempo pela aprovação da revisão geral salarial." desabafa Sandra Silvestrini, presidente do SERJUSMIG.

Na sequência, os sindicalistas, juntamente com alguns Servidores, retornaram para as atividades contra o desmonte da Previdência, participando, no Espaço Democrático da ALMG, de uma Audiência Pública contra a PEC 287.

Fiquem atentos! Os próximos dias serão de mais luta, contra o desmonte da Previdência e em defesa da Data-base 2016!


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas