DESTAQUES

Notícias

Diga não a essa reforma!

15 de Maio de 2019 16:16:39


É O FIM DA APOSENTADORIA. PARA QUEM?

PARA A MULHER Principal responsável pelo cuidado da família, da casa, com jornada tripla. Para se aposentar, a mulher terá que trabalhar até os 62 anos de idade, contribuir por 40 anos, podendo se aposentar com salário menor que o mínimo.

PARA O SERVIDOR PÚBLICO Idade mínima de 65 anos para homem e 62 anos para mulher e 40 anos de contribuição. Servidor terá que pagar contribuição previdenciária que pode chegar a 22% e mais alíquotas extraordinárias, podendo elevar a contribuição até 40%. A reforma não considera as regras de transição de reformas anteriores.

PARA OS PROFESSORES Para ambos os sexos, 60 anos de idade e 30 anos de contribuição.

PARA OS MAIS POBRES Hoje, os idosos em situação de miséria têm direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) de um salário mínimo. A Reforma acaba com isso e o valor passa a ser de R$ 400 apenas para um idoso da casa.

PARA O TRABALHADOR INVÁLIDO A reforma propõe o absurdo da "aposentadoria por invalidez por tempo de contribuição".

PARA O TRABALHADOR RURAL Responsável Por 70% da comida que vai para nossa mesa, o trabalhador rural terá que trabalhar até os 60 anos (homem) e 55 anos (mulher) e contribuir por 20 anos. A idade da mulher vai aumentando, a cada ano, até atingir 60 anos.

PARA TODOS Aposentadoria, pensão e todos os direitos poderão ser menores que um salário mínimo. A pensão por morte será de apenas 50% para o cônjuge viúvo e 10% para cada dependente até a maioridade, ou seja, é o empobrecimento das famílias. O tempo de contribuição de 40 anos somado com a idade mínima, depois da reforma trabalhista, é praticamente inatingível. Trabalhar até morrer, este é o objetivo da Reforma do presidente Bolsonaro.

NOVA PREVIDÊNCIA? NADA MAIS VELHO QUE TIRAR DE QUEM JÁ NÃO TEM: DIGA NÃO A ESTA REFORMA!

Consultor do SERJUSMIG analisa texto da Reforma aprovado em 1º turno

Ouça aqui o áudio da campanha, veiculado nas rádio CBN, BH FM e Liberdade FM (veja o plano de mídia)

Veja a capa falsa veiculada no jornal Metro: frente e verso

Veja aqui o filme que está sendo veiculado nas redes sociais

Veja aqui os painéis de led e outdoors veiculados em BH, Betim, Contagem, Divinópolis, Governador Valadres, Ipatinga, Montes Claros, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Uberaba, Uberlândia e Varginha


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas