DESTAQUES

Notícias

SERJUSMIG participa, em Brasília, de manifestações contra a Reforma da Previdência

06 de Agosto de 2019 20:04:16


Dirigentes do SERJUSMIG, juntamente com a FENAJUD, a FENAJUFE e outras entidades que representam os trabalhadores brasileiros, estiveram, desde a madrugada de hoje, reunidos em Brasília para se manifestar contra a PEC 06/2019 (Reforma da Previdência), cuja votação em 2º turno pode ter início ainda hoje.

Na parte da manhã, os sindicalistas recepcionaram os deputados que desembarcavam no aeroporto, tentando convencê-los a votar a favor do trabalhador, contra a PEC 06/2019. À tarde, os manifestantes foram para a porta da Câmara dos Deputados. Impedidos de entrar no Congresso, realizaram ali mesmo um ato público contra a Reforma, ressaltando todas as atrocidades que o texto propõe contra o trabalhador e denunciando os prejuízos que a PEC trará para a sociedade em geral.

Money, money, money, money!

A intenção do governo é que a PEC, que foi aprovada em 1º turno no dia 10 de julho, tramite o mais rapidamente possível e chegue ao Senado até a semana que vem. Segundo informações publicadas há pouco na imprensa, a Casa Civil teria enviado ao Congresso uma mensagem presidencial para abrir crédito extra de R$ 3 bilhões, dinheiro esse que será destinado ao custeio de emendas parlamentares após negociação para a aprovação da Reforma da Previdência.

Além disso, já está sendo articulada, por diversos governadores, uma PEC paralela que reincluiria estados e municípios na Reforma da Previdência, movimento este desleal, que prejudica de forma devastadora os trabalhadores, especialmente os servidores públicos.

Dois dirigentes do SERJUSMIG permanecem em Brasília, onde acompanharão as votações da Câmara e farão articulações nos gabinetes dos parlamentares, a fim de que votem contra a PEC 06/2019 e contra a PEC paralela.

Dia 13

Os demais diretores do Sindicato estão, neste momento, voltando para BH, onde já iniciaram a organização de manifestações para o próximo dia 13. Os atos deverão acontecer em todo o País e, em Belo Horizonte, além de combater a PEC 06/2019, as manifestações prometem também levantar de forma veemente a bandeira contra a adesão do governo de Minas ao Regime de Recuperação Fiscal, cujas consequências provocarão o absoluto sucateamento do serviço público.

Manobra

Neste momento, a PEC 06/2019 está sendo discutida na Câmara e a votação pode ter início ainda esta noite. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje que pretende terminar a votação do 2º turno da PEC até amanhã e enviá-la para o Senado já no dia 8. Para conseguir cumprir esse prazo, Maia dispôs de mais uma manobra: a quebra do interstício, que é o intervalo entre dois atos do Poder Legislativo. 


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas