DESTAQUES

Notícias

Maia define que apreciação do Plano Mansueto será somente após a pandemia

07 de Abril de 2020 19:11:50


Previsto para votação em Plenário na Câmara dos Deputados na tarde de hoje, (7), o Plano Mansueto (PLP 149/19) teve sua apreciação “congelada” até que o Congresso tenha capacidade de trabalhar de forma presencial.

Em entrevista, o presidente Rodrigo Maia afirmou que está sendo construído um acordo para votar ainda nesta semana uma proposta de ajuda aos estados no curto prazo, enquanto durar a pandemia de Covid-19, focado em tratar da questão do ICMS e de garantir linhas de créditos aos estados para os próximos três meses. Assim, o Plano Mansueto fica para ser apreciado após a pandemia do coronavírus. 

A matéria já constava da pauta da sessão de segunda-feira (6), mas foi adiada em um dia por falta de acordo. Nesta terça, Maia informou que ainda não havia consenso em torno da proposta. O Presidente da Câmara não descartou, porém, votar o Plano Mansueto no futuro, quando a crise do coronavírus tiver passado.

PEC do orçamento paralelo no Senado (PEC 10/2020)

Apesar de convocar sessões deliberativas para esta semana, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), pautou a proposta apenas para o próximo dia 13. Durante a tramitação da PEC na Câmara dos Deputados, o Partido NOVO tentou, sem êxito, reduzir os salários dos servidores públicos. 

O SERJUSMIG permanecerá atento a todos os projetos em trâmite no Congresso Nacional que possam afetar os direitos dos trabalhadores do Poder Judiciário de Minas Gerais. 

Seguimos alertas!


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas