DESTAQUES

Notícias

País tem 1.188 mortes em 24h e atinge mais de 20 mil óbitos e 310 mil casos

22 de Maio de 2020 10:53:53


Pela segunda vez na mesma semana, o Brasil ultrapassou mais de mil mortes em 24 horas em decorrência do novo coronavírus. Entre ontem e hoje, foram 1.188 óbitos — o maior número registrado desde o início da pandemia no país — totalizando 20.047 mortes pela doença. Segundo o boletim mais recente do Ministério da Saúde, o país também atingiu a marca de 310.087 diagnósticos, sendo 18.508 confirmados entre ontem e hoje.

Ainda segundo o ministério, 3.534 óbitos suspeitos ainda estão em investigação e 164.080 casos seguem em acompanhamento. Um total de 125.960 pacientes já se recuperaram da doença.

Anteontem, o país havia registrado pela primeira vez mais de mil óbitos entre um dia e outro: 1.179 mortes. Já ontem, a marca negativa foi atingida com a maior quantidade de casos confirmados em um dia, 19.951 diagnósticos. Os valores de hoje, com mais de 18 mil novos diagnósticos, representam a segunda pior atualização desde o início da pandemia.

100 mil casos em uma semana

No dia 14/05, há exatamente uma semana, o país registrou 202.918 diagnósticos pelo novo coronavírus. Foi a primeira vez que o Brasil ultrapassou 200 mil casos da doença. O avanço da covid-19 em sete dias aponta a velocidade do contágio da doença, que teve a primeira confirmação oficial de covid-19 em 26/02.

Desde o primeiro diagnóstico, o país levou 67 dias para atingir a marca de 100 mil casos; Em 03/05, segundo dados do Ministério da Saúde, foram registrados 101.227 diagnósticos da doença.

Onze dias depois, em 14/05, os mais de 200 mil casos foram registrados no país. Ou seja, em menos de um mês, o país passou dos mais de 100 mil casos para mais de 300 mil diagnósticos.

Números não refletem as últimas 24h

Os números de diagnósticos e óbitos confirmados pelo governo entre um dia e outro não necessariamente ocorreram de ontem para hoje.

O Ministério da Saúde explica que há atrasos de até dois meses nos registros feitos pelas secretarias, provocados pela fila de testes, e que as confirmações podem refletir ocorrências desde o início da pandemia.

O UOL já identificou atrasos de mais de 50 dias para a oficialização de mortes. Do total de óbitos divulgados pelo Ministério hoje, 311 ocorrem nos últimos três dias, segundo a pasta.

Fonte: UOL Notícias / Foto: Divulgação


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas