DESTAQUES

Notícias

ALMG avalia aumento de mulheres entre população idosa

17 de Maio de 2016 16:20:38

De acordo com dados apresentados pelo gabinete do presidente da Comissão Extraordinária do Idoso da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Isauro Calais (PMDB), as mulheres já são maioria entre a população idosa mineira. Com o objetivo de debater o fenômeno chamado de feminilização da população idosa e as alternativas que possam nortear políticas públicas para o segmento, a comissão realiza uma audiência pública, nesta quarta-feira (18/5/16), às 16h30, no Plenarinho II. A reunião atende a requerimento do presidente da comissão, do deputado Glycon Franco (PV) e da deputada Geisa Teixeira (PT).

Levantamento feito pela Fundação João Pinheiro, em 2011, aponta que, entre as pessoas de 60 e 79 anos, o percentual de mulheres seria de 55%. Acima de 80 anos, elas já representariam 59%. O estudo indica também uma maior uma fragilidade das idosas, registrando mais enfermidades crônicas entre a população feminina, que atingiriam um percentual de 81% das mulheres, contra 72% de homens na mesma faixa etária. Há, ainda, a estimativa da ONU para 2040, que aponta crescimento no excedente de mulheres em cada grupo etário do topo da pirâmide.

Convidados – Para dialogar sobre essas questões e apontar as possíveis alternativas para essa faixa etária, foram convidados para debater a questão a analista de Políticas Públicas da Coordenadoria Municipal de Direitos da Pessoa Idosa da Prefeitura de Belo Horizonte, Sandra de Mendonça Mallet; e o diretor financeiro da Associação dos Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerai (Sogimig), Délzio Salgado Bicalho.

Fonte: ALMG


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas