DESTAQUES

Notícias

SERJUSMIG insiste na necessidade de suspender o trabalho presencial em todas as comarcas e preservar vidas

09 de Abril de 2021 19:00:31


O SERJUSMIG encaminhou à presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, na última quinta-feira (8), um ofício solicitando que o expediente externo em todas as comarcas do estado continue suspenso, em função da pandemia do novo Coronavírus. A medida, segundo o ofício, deve valer independentemente das classificações por zonas de risco definidas pelo Plano Minas Consciente. 

As atividades presenciais foram suspensas no mês de março, com o agravamento da pandemia no estado e o colapso das redes hospitalares em diversas cidades. Na última segunda-feira (5), o TJMG publicou a Portaria Conjunta 1172/PR/2021, mantendo, no período entre 05 e 09 de abril, a suspensão do trabalho presencial de magistrados, servidores, estagiários e colaboradores nas unidades judiciárias e administrativas. Porém, a medida não contemplou as comarcas de municípios classificados no “Grau de Risco Vermelho”. 

Com mais de 340 mil vidas perdidas pela Covid-19, o país atravessa seu pior momento na pandemia. Recente pesquisa do epidemiologista Pedro Hallal, ex-reitor da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), apontou que, a cada quatro mortes no Brasil, três poderiam ter sido evitadas, se as devidas providências fossem tomadas a tempo.

Não tem sido diferente em Minas Gerais. Até esta sexta (9), o estado registrou 1.208.529 infecções e 27.250 óbitos. Pesquisadores da UFMG identificaram uma nova cepa do coronavírus circulando na Grande BH, cujas mutações podem resultar no aumento do risco de morte e maior contágio. Na capital, que tem recebido pacientes de diferentes regiões do estado, há semanas, as ocupações de leitos para Covid-19 têm sido superiores a 90%, chegando, em alguns momentos, ao esgotamento das vagas. 

“Diante de todo este cenário, acreditamos não ser apropriado, tampouco razoável que este Tribunal de Justiça faça distinção entre comarcas integradas por municípios localizados em macrorregiões classificadas como ‘grau de risco roxo, vermelho, verde ou amarelo’ para que haja a manutenção da suspensão do expediente presencial”, argumenta o Sindicato.

A meta do momento é preservar vidas. Escuta, TJMG!

 

#CovidZero


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas