DESTAQUES

Notícias

Após lucro de R$ 44 bi, Petrobras anuncia reajuste de 9% no diesel

09 de Maio de 2022 13:49:43


Menos de uma semana depois de anunciar um crescimento de 3.718% no seu lucro, a Petrobras informou que vai reajustar em quase 9% o preço do diesel vendido a distribuidoras de combustível. O aumento foi anunciado pela estatal nesta segunda-feira (9) e vale a partir de terça (10).

O reajuste vai elevar o preço do litro do diesel produzido em refinarias da Petrobras R$ 4,51 para R$ 4,91. Segundo a estatal, considerando a mistura obrigatória de 90% de diesel e 10% de biodiesel para a composição do diesel vendido nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 4,06 para R$ 4,42 por litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,36 por litro.

De acordo com pesquisa de preços divulgada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do diesel em postos de combustível do país é R$ 6,63. Se esse valor aumentar só os R$ 0,36 estimados pela Petrobras, sem contar os impostos e as margens dos distribuidores sobre o preço, o litro de diesel no Brasil passará a custar R$ 6,99, na média.

A Petrobras informou que o preço da gasolina e do gás de cozinha vendidos pela estatal não terão aumento nesta terça (10).

A Petrobras declarou que, no caso do diesel, o aumento é necessário para equiparar o preço do combustível no país com o valor praticado no mercado internacional. Segundo a empresa, a demanda global do combustível está em descompasso com a oferta. Os estoques internacionais baixaram e o preço subiu, inclusive mais do que o preço do próprio petróleo. “A diferença entre o preço do diesel e o preço do petróleo nunca esteve tão alta”, declarou a Petrobras.

A Petrobras informou que é necessário que o Brasil tenha preços do diesel alinhados aos preços do exterior para que importadores continuem trazendo o combustível para o país. A estatal lembrou que suas refinarias operam perto de seu limite de capacidade. Mesmo assim, 30% do diesel consumido no Brasil é importado.

“Isso significa que o equilíbrio de preços com o mercado é condição necessária para o adequado suprimento de toda a demanda, de forma natural, por muitos fornecedores que asseguram o abastecimento adequado”, informou a Petrobras.

 

Terceiro aumento do ano

Este reajuste é o terceiro aplicado pela Petrobras ao preço do diesel só em 2022. O primeiro ocorreu em janeiro (de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro, ou seja, 8% de aumento); o segundo, em março (de R$ 3,61 para R$ 4,51 por litro, ou seja, 25% de aumento).

O aumento acumulado em cinco meses é de 47%.

A alta dos combustíveis é o principal motivo de a Petrobras ter lucrado mais de R$ 44 bilhões só no primeiro trimestre de 2022. Comparando o desempenho da empresa dos primeiros três meses deste ano com período semelhante do ano passado, houve aumento de 3.718% no seu lucro líquido, já descontados impostos.

Em 2021, também por conta da alta dos combustíveis no Brasil, a Petrobras registrou o maior lucro de sua história. Foram mais de R$ 106 bilhões.

Desse valor, R$ 101 bilhões foram distribuídos em dividendos a acionistas da empresa. A maioria deles são estrangeiros.

Bancos de investimento têm elogiado a administração da Petrobras por conta da sua política de distribuição de lucros. O presidente Jair Bolsonaro (PL), por sua vez, já declarou que o lucro da estatal é um “estupro” e pediu que não ela reajustasse os combustíveis.

::Sob Bolsonaro, estatais abandonam o social e lucram na crise::

Bolsonaro, entretanto, é quem escolhe o presidente da Petrobras. No mês passado, ele determinou que o químico José Mauro Ferreira Coelho comandasse a empresa.

Coelho já disse mais de uma vez que pretende manter a política de preços da Petrobras e continuar fazendo altos pagamentos a acionistas, apesar do discurso de Bolsonaro.

 

Vinicius Konchinski
Fonte:
Brasil de Fato
Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas